Anotações do Mês - Dezembro 2019

Todo mês, vou fazer uma transcrição do meu caderninho de anotações da viagem. Não anoto todos os dias, mas apenas os momentos que me marcaram e que eu não quero esquecer. Acho que vai dar uma boa ideia do que vemos (e vivemos!) no dia-a-dia da viagem.



Domingo e Segunda, 01 a 02/12 – alguma praia, Califórnia

Descendo pela Pacific Highway, chegamos a esse camping na praia que alguém recomendou para o Fê. É realmente bem bonito, mas a estrutura é simples (apesar de ter chuveiro) e custa 35 dólares, o que é caro pela média de preços de camping, mas é o valor cobrado em todos os parques estaduais da Califórnia. Não entendo porque a Califórnia quer ser especial e cobrar mais caro! Rs.



Brincamos (um pouco) na praia, jogamos vôlei, caminhamos pela areia, vimos o pôr do sol duas vezes, fizemos duas fogueiras – passamos dois dias ótimos.


Terça, 03/12 – outra praia, Califórnia

Fomos para uma outra praia que também foi recomendação (dos Dos Pinguinos) – para chegar foram 40 minutos numa estrada de terra, subindo e descendo pela costa, até a praia. Paisagem linda ao chegar lá.



Temos 3 alces como vizinhos, que parecem ser tranquilos. Tem um laguinho com peixes pulando (para comer mosquitos, talvez). Fê viu uma raposa à noite. Fizemos wild camping, lindo e tranquilo.


Quarta, 04/12 – floresta, Califórnia

Essa noite também fizemos wild camping, só que dessa vez numa pequena floresta. Chegamos e já estava escuro, arrumamos a barraca e fomos dormir.


No dia seguinte, de manhã, tivemos uma visita de uma galinha! Agora, me diz o que faz essa galinha, sozinha, no meio da floresta? Tem coisa que acontece que eu já nem me surpreendo.


Quinta, 05/12 – São Francisco, Califórnia


Chegamos em São Francisco! Nós dois já viemos para cá antes, separados. Passamos com o Howdy na Golden Gate e descemos a Lombard St, que é estreita, íngrime e em zigue-zague. Eu fiquei do lado de fora para tirar foto, mas o Fê não pode esperar eu me posicionar (tinha carro vindo atrás) então não consegui filmar, tirei só umas fotos meio ruins.


Compramos cervejas e queijos para levar para os nossos amigos que vão nos hospedar. No caminho para a casa deles, enquanto eu me encantava em admirar as casas lindas de São Francisco e nós ficávamos presos no trânsito, vimos um mendigo vomitar (muito) na rua, bem na nossa frente. Cidade grande pode ser lindo, mas tem dessas coisas.


Chegamos no nosso amigo, que fez um jantar de prato único delicioso – couscous com bacon e hortelã.


Sexta, 06/12 – São Francisco, Califórnia

Nosso amigo nos levou para passear pela região. Fomos na sede do Facebook, que é gigantesca! Não imaginava ser tão grande, são quarteirões e quarteirões de prédios, como um campus de faculdade. Fomos na sede do Google, mesma coisa. Quando visitamos Seattle há uns dias atrás, não tinha ficado com a impressão de que a Amazon era tão grande, acho que por conta de os prédios serem espalhados pelo centro da cidade, em meio a outras empresas. Aqui, os prédios ficam todos juntos e dá pra ter uma melhor noção do tamanho.


Almoçamos num japonês e voltamos para casa.


O Fê (finalmente, depois de muita pesquisa) comprou um computador para ele! Estávamos dividindo o mesmo até agora, mas estava fazendo falta cada um ter o seu.


Nosso amigo fez outro jantar ótimo (também de uma panela só), linguine com camarões.


Sábado, 07/12 – São Francisco, Califórnia

Hoje eu fiz um tour pela faculdade de Stanford. Nossos amigos sugeriram que eu visitasse Stanford e Berkeley para que eu pudesse comparar essas duas universidades depois. Fiz um tour oficial, guiado por um estudante. Ele fez questão de enfatizar o quão fantástica a faculdade é, desde a infraestrutura, os professores, a grande diversidade de alunos e a enorme opção de esportes oferecidos (inclusive quadribol!). Disse que se Stanford fosse um país nas últimas olimpíadas, teria ficado entre os 10 primeiros. Até eu tive vontade de estudar lá! Mas o puxa-saquismo forçado me incomodou também. Bem, o campus pareceu ótimo (é o maior campus contínuo dos EUA), o que faz sentido para uma faculdade privada (e bem rica).



Enquanto eu estava em Stanford, Fê participou de um toy drive organizado por overlanders.


À noite, fomos jantar num ótimo restaurante “burmese” (de Myanmar, ou antiga Birmânia); a comida fica entre a indiana e a chinesa. Antes, tomamos drinks num bar de flyers, onde tudo vem em porções de 3 mínis – inclusive o martíni!














Domingo, 08/12 – São Francisco, Califórnia

Fizemos churrasco, com outro casal de brasileiros que têm uma filhinha, foi ótimo.


Em todos esses dias, temos conversado bastante com nosso amigo sobre carreira, nosso futuro, ter ou não filhos, está sendo ótimo.


Segunda, 09/12 – São Francisco, Califórnia

Compramos uma caixa de cartões de natal e vamos mandar para alguns amigos e nossa família, já que vamos passar o natal sozinhos.


Terça, 10/12 – Berkeley, Califórnia

Abraçada pelo urso que é símbolo de Berkeley

Nos mudamos para Berkeley, na casa de um outro amigo meu que está fazendo faculdade lá. É um apartamento típico de estudante, meio bagunçado. Chegamos à noite, e meu amigo nos ofereceu um tour noturno pela faculdade. Foi ótimo! A faculdade estava bem cheia (e já era meia noite!) e vimos muita coisa. Inclusive, ele nos disse que se Berkeley fosse um país nas últimas olimpíadas, teria ficado entre os 10 primeiros hahaha – para você ver como é a competição entre as faculdades americanas.


Temos ouvido bastante sobre roubos em carros parados na rua por aqui, então procuramos uma garagem para parar o Howdy. Só encontramos uma em que ele cabia e que ficava aberta 24 horas. Pagamos 25 dólares por dia!







Quarta e Quinta, 11 a 12/12 – Berkeley, Califórnia

Passamos mais dois dias em Berkeley, resolvendo algumas coisas (correios, mercado, gasolina, banco).


Sexta, 13/12 – Santa Clara, Califórnia

Hoje o Fê me deixou num Airbnb em Santa Clara, e ele foi fazer uma trilha de 10 dias por Death Valley, junto com outros três carros. Eu não quis ir (só trilhas, muita gente e muito tempo, sem ter como desistir no meio do caminho), e na verdade acho até bom passarmos um tempo separados, para dar saudade!


Sábado, 14/12 – Santa Clara, Califórnia

Hoje eu acordei, me arrumei para correr, achei um parque por perto pelo Google Maps, e quando cheguei lá era um cemitério! Mas era bem bonito e com ruas largas, então eu corri assim mesmo.


Minha ideia é passar esses dias me exercitando, escrevendo (e trabalhando no site) e comendo bem saudável. Comprei legumes, leite de coco e ovos, sem nenhuma carne, para fazer aqui no Airbnb.


Esse Airbnb é um quarto compartilhado, escolhi assim para economizar (já que são 10 dias também), mas fechei apenas 5 aqui, para ver como seria. A casa é ótima, sala e cozinha grandes e bonitas, mas dividir quarto não é fácil. São 3 homens, sendo que um deles ronca a noite toda. Conversei mais com um deles, que é de Camarões, que só sai de casa para trabalhar (vai passar o final de semana todo dentro de casa!), fala super alto no telefone e vê vídeos sem fone. Ele parece gente boa, mas às vezes é meio intrometido e me deixa desconfortável (me pediu para dançar samba quando eu disse que era brasileira, e pediu para ver a roupa que eu tinha comprado no shopping). Achei bom que escolhi fechar só 5 dias aqui, assim na quarta-feira vou para outra casa melhor.


Domingo, 15/12 – Santa Clara, Califórnia

Corri de manhã (não pelo cemitério, pela rua mesmo) e fui à procura de uma biblioteca para trabalhar (não queria ficar o tempo todo em casa com o outro hóspede). A biblioteca da Universidade de Santa Clara estava fechada, mas a praça de alimentação estava aberta e eu fiquei por lá.


Segunda, 16/12 – Santa Clara, Califórnia

Hoje fui no cinema de manhã – sessão das 10:10! É bem mais barato ir de manhã, e para mim não faz diferença. Vi "Dark Waters", gostei bastante. Só tinha eu na sessão!


Passeei pelo shopping, fiz algumas compras, almocei pizza e voltei pra casa. Fiquei na preguiça à tarde.


Terça, 17/12 – Santa Clara, Califórnia

Corri de manhã, trabalhei e escrevi de tarde, e fui ao cinema à noite. Vi "Parasite" e foi maravilhoso! Estava um pouco apreensiva porque tinha ouvido falar que era meio de terror, mas foi muito bom. Passei no shopping, comprei um estojo novo e um enfeite de árvore de natal que é uma xícara de café do Central Perk.


À tarde, conversando com a moça da limpeza do Airbnb, descobri que ela era brasileira. Ela disse que limpa até 8 casas por dia, e a maioria das vezes a dona não pede que seja feita uma limpeza pesada, só dar um jeito mesmo. Ela também trabalha de Uber!


Quarta, 18/12 – Union City, Califórnia

Hoje mudei de Airbnb – o novo é bem silencioso, gostei. Fiquei mais de uma hora no Uber, já que o novo Airbnb fica em outra cidade. A casa fica exatamente do lado de um estúdio de yoga! Já fechei um pacote e posso ir quantas vezes quiser. Fiz uma aula hoje à noite e foi ótimo.


Quinta, 19/12 – Union City, Califórnia

Tomei café da manhã no Ihop, um restaurante de panquecas bem famoso, tem nos EUA inteiro, mas eu nunca tinha ido. Achei levemente caro, mas a panqueca estava boa.


Fui na yoga às 6:30 da manhã! Depois passei a tarde toda no Starbucks trabalhando no site.


Sexta, 20/12 – Union City, Califórnia

Fui no cinema de manhã (bem mais barato), vi "Bombshell", ótimo filme! Almocei num japonês e fui pro Starbucks trabalhar de novo.


Fê chegou hoje de viagem, mais cedo do que o planejado. Fui na yoga à tarde e depois fomos jantar numa hamburgueria bem legal, com self-service de cerveja! Achei uma ideia ótima, experimentei alguns tipos até escolher a que queria beber.


Sábado, 21/12 – Union City, Califórnia

Howdy está engasgando para ligar – Fê trocou a bateria principal hoje (já estava mesmo perto da hora de trocar) e não resolveu, vamos ter que ir numa mecânica na segunda para arrumar a ignição.


Segunda, 23/12 – Berkeley, Califórnia

Dia corrido – chegamos cedo na mecânica para deixar o Howdy (chegamos às 8, conforme o combinado, mas o mecânico chegou só depois das 9). Deixamos o carro e pegamos um Uber até o centro da cidade. Ficamos matando hora/lendo num café; almoçamos calzone num italiano; passeamos pelas lojas ao redor da praça; voltamos para o café.


Às 4, pegamos o Howdy e fomos para Berkeley. Lá fomos em alguns mercados comprar coisas para a ceia de Natal e fomos em outras lojas também.


Dormimos na casa do Arthur.


Terça, 24/12 – Ventura, Califórnia

Dirigimos o dia todo e chegamos na cidade de Ventura, CA. Pegamos uma casinha toda para nós (Airbnb) para o Natal! Ela é uma graça, toda decorada no estilo escandinavo (adoro!) e fica quase na praia.


Coloquei minha blusa de Natal (have a merry little cocktail), abrimos um vinho e liguei para a minha família. Muito bom ver todo mundo, vi a troca de presentes do amigo secreto e meu tio vestido de Papai Noel!


Depois, preparamos a nossa ceia (teve presunto cru, azeitonas e queijo de entrada) com creme de milho, carne e batatas assadas. Torta de maçã com sorvete de sobremesa! Abrimos um Cava e trocamos nossos presentes. Eu ganhei um short de corrida e uma caneta, e deu um “floating” – experiência de spa onde você flutua por uma hora numa cabine sem nenhum estímulo (luz ou som).


Quarta, 25/12 – Ventura, Califórnia

Demos uma volta no píer da praia de manhã. Ah, comi um bolo de frutas inglês de manhã! Minha mãe tinha me dado um há alguns anos no Natal, e eu adorei.


Passeando pelo centrinho da cidade, vimos o cinema e fomos lá olhar. A atendente nos disse que dia 25/12 é o dia mais movimentado do ano! Decidimos fazer parte da tradição e compramos ingressos também – Fê foi ver Star Wars e, eu, Little Women. Eu gostei do filme, mas não é ótimo – achei bom ter ido ver, porque eu já tinha lido o livro e tinha achado muito chato. O filme é melhor.


Quinta, 26/12 – Sycamore, Califórnia

Continuamos nosso caminho descendo pela Pacific Highway, ficamos sem muita opção para dormir e ficamos num camping por 45 dólares! Califórnia sendo Califórnia. Ali na costa vimos muitos carros e vans acampados nos acostamentos, muitas vezes em lugares proibidos.


Sexta, 27/12 – Los Angeles, Califórnia

Chegamos em Los Angeles! Dirigimos por Malibu, foi muito bonito. Fomos ao Píer de Santa Mônica, nossa senhora quanta gente! Rs. É um píer bonito, mas super cheio e só tem restaurantes de rede. Valeu dar uma passada e ver a galera.


Los Angeles tem muito trânsito! O Fê já sabia disso e estava esperando, mas eu fiquei bem surpreendida. Pega-se highway (avenida) para tudo – no google maps vemos direções como: 10 min de carro; 1h15 a pé!


Procurei na internet o endereço da casa do Dave Grohl e fomos lá. Não tenho certeza se era a casa certa, não era gigante, mas o bairro era lindo, um morro cheio de curvas, parece o Morumbi em SP.


Sábado, 28/12 – Los Angeles, Califórnia

Estamos ouvindo barulho no freio do Howdy desde ontem. Resolvemos passar numa mecânica para dar uma olhada – acabamos indo em duas para confirmar. As pastilhas de freio estão super gastas e precisam ser trocadas urgentemente. Agendamos de levar o Howdy na segunda de manhã para fazer a troca.


Fomos para um café (afogar as mágoas) pensar no que fazer pelos próximos dias. Decidimos alugar uma moto para amanhã, e reservamos um Airbnb na cidade.


Doming, 29/12 – Los Angeles, Califórnia

Saímos de moto bem cedinho, antes do sol. Fizemos um passeio ótimo, primeiro pela costa e depois pegamos um caminho lindo por morros com plantações de uva.


Na volta, paramos na calçada da fama, que parece uma Times Square piorada, cheia de gente. Dirigimos demais, no final eu estava acabada e não conseguia nem levantar um braço – ficamos por pelo menos 7 horas na moto.


Segunda, 30/12 – Zion, Utah

Levamos o Howdy na mecânica logo cedo; enquanto isso fomos no cabeleireiro pro Fê cortar o cabelo! Ele raspou tudo, vai manter assim agora. A barba continua!


Pegamos o Howdy e estava ótimo! Dirigimos até Utah, onde vamos passar a virada.
















Terça, 31/12 – Zion, Utah

Fizemos uma trilha pelo meio de um cânion; tivemos que pagar $12 cada pela entrada da trilha (online) mas chegando lá não tinha ninguém para coletar os tickets e o final da trilha estava fechado. Andamos até onde conseguimos e voltamos; tivemos que andar pelo rio em vários momentos porque a neve ao redor estava muito escorregadia.


À noite, liguei para minha família e passei a virada vendo Friends na tv! Haha.

  • Instagram
  • Facebook